Divido a mesa do comitê de imprensa do Palácio do Planalto (a vida não é só tecido colorido, gente!) com a minha fofa amiga Maria Fernanda. A Mafê, assim como eu, não é muito adepta das facilidades tecnológicas e ainda anota os telefones das fontes numa agenda de papel. Em tempo: para um jornalista, a agenda é um dos instrumentos mais importantes de trabalho. O problema é que a agenda da Mafê estava nessa condições…. Ninguém merece, né?
Organizadíssima por dentro, mas caindo aos pedaços por fora… Pedi a Mafê para trazer a agenda dela pra casa. Fiz uma tentativa de restauração. Querem ver o passo a passo?

Você vai precisar de um pedaço de papel panamá para fazer a capa. Uma folha grande custa uns 5 reais e rende vários trabalhos. Para cortá-la, use um estilete bem afiado e a placa de corte.

Descole sem dó a capa original. Tire as medidas do miolo da agenda e corte a capa com 1 centímetro a mais. O miolo da agenda da Mafê tinha 15 x 17 cm. Cortei o panamá com 16 x 18 cm.

Você terá dois pedaços: a capa da frente e das costas.

Hora de encadernar! Usei uma folha de papel para scrapbooking. Corte o papel com 1,5 cm a mais do que a capa. Agora um segredo: para os cantos ficarem perfeitos, use essa peça que aparece aí na foto. Ela se chama fio de cabelo (isso mesmo! nome horrível). Custa uns 10 reais e é vendida em lojas especializadas em material para scrapbooking.

É facinho usar o fio de cabelo. Encaixe no canto, marque com o lápis e corte com a tesoura.

Vamos pincelar a cola branca? Aproveite para chamar as crianças…
Olha aí o meu ajudante favorito em ação!

Cole com cuidado para não formar bolhas…

Corte um retângulo e dobre para formar a nova lombada. Para dar um charme, eu usei o verso do papel de scrap, que era de poá.

Corte um retângulo para cobrir a contra-capa. Eu usei papel xadrez. Mais uma dica: agora que a agenda está quase pronta, deixe a cola branca de lado. A fita adesiva dupla face vai evitar meleca e possíveis acidentes. Esta é uma solução para fixar a fita que vai fechar a agenda e finalizar o trabalho.

O único pedido da Mafê foi manter esse recorte de jornal com uma poesia. É claro que eu obedeci… E no fim das páginas, acrescentei o meu toque!

Tchãrã… E aqui está o resultado final. Nem lembra aquela primeira foto. Fiquei bastante satisfeita com o resultado. Mas, ainda não acabou!

Cartão feito à mão…

E embrulho personalizadíssimo para acompanhar… Garanto que eu em 2 horas sua capa está pronta!