Oiê! Tudo bem? Então, me conta… você já costurou todas as necessaires possíveis, já está craque nas bolsas, fez jogos americanos, ursinhos e agora está de olho nas roupas, mas não sabe por onde começar… #boratentar?

Uma roupa que cai bem no corpo nasce do encontro de uma boa modelagem com o tecido apropriado.

Você vai encontrar moldes em livros, em revistas, como a Burda e a Manequim, e na internet. Eu ando viciada nos moldes vendidos em PDF pelas costureiras gringas. Acho prático comprar pela internet e imprimir em casa, sem precisar pagar frete nem esperar semanas pelo carteiro.

A parte ruim é ter que montar e colar dezenas de folhas até formar uma blusa ou um vestido. Mas, acho que a trabalheira compensa!Selecionei alguns moldes em PDF de graça  pra quem quer experimentar o recorta e cola dos papéis e tentar começar a fazer as próprias roupas. Vamos nessa! É hora de gastar todo seu inglês… Ou o Google Tradutor, se for o caso. No problem! Let’s have fun!

O primeiro molde é a regata Sorbetto (todos os moldes têm nomes, não estranhe!) do site Colette Patterns. O Colette é um site americano super profissional (Não deixe de visitar o blog deles cheio de dicas).

O passo a passo é bem explicadinho. São só duas peças para cortar + viés. Não preciso nem dizer o quanto uma regatinha vai bem no nosso guarda roupa brasileiro, né?

Outro ponto positivo: esse modelo funciona bem com a tricoline ou o algodão, ou seja, aqueles tecidos que as patchworkeiras certamente tem em casa. (Se bem que não vemos nenhum drama em sair para comprar paninhos, não é meninas?)

Mais um site americano cheio de ideias legais: o da texana Sew Caroline. Acompanho o trabalho dela há algum tempo e admiro a determinação em que foi melhorando fotos e tutoriais. Hoje é bem profissa! É muita energia, gente! Ela tem moldes simples à venda e outros gratuitos, como essa saída de praia.

Outro molde gratuito bacana da Sew Caroline é esse kimono. Gente, faz um tempão que eu desejo costurar um e até agora nada… Achei uma graça esse acabamento em renda.

E pra encerrar, o meu favorito: a blusa Plantain do site francês Deer & Doe. É aquele modelo básico e confortável. Essa tem um corte bem feminino no colo e é levemente acinturada. Ah! E o detalhe no cotovelo é um charme, né?