Comprar em shopping é legal, mas o mercado handmade consegue ser ainda mais divertido. Dê um passeio pelo  Etsy ou pelo Tanlup e faça um teste. Muitos produtos interessantes e, o mais importante, com história. Você sabe quem fez, porquê fez e leva pra casa um pouco daquele mundo. A Carol Nogueira, jornalista brasileira que mora em Paris, descreveu muito bem essa sensação nesse texto aqui.
Pois é… carteiro amigo passou aqui em casa dias desses e deixou uma caixa repleta de encomendas. Tudo muito mais bonito e bem feito do que eu via pela tela do note. Já fazia tempo que eu visitava a lojinha da Natália Rosin. A espera valeu a pena!

Pelo jeito, Natz passeia aqui pelo ateliê de vez em quando. Não é que ela acertou no meu atual interesse por scrapbook? Atenciosa, me mandou de presente alguns materiais. Destaque para as flores de crochê. Essas vou reservar para pregar em alguma roupa costurada por mim. Muito obrigada, Natz!